Seguidores

sábado, 3 de setembro de 2011

23º Domingo do Tempo Comum - Ano A


Neste final de semana o Senhor nos convida a refletirmos sobre o amor ao próximo. 
Importante verificarmos que nada está acima da caridade e que é a partir dela que devemos nortear a nossa vida. 
A Palavra de Deus  vem nos falar de correção fraterna, mas o que é correção fraterna? 
Será que é se colocar diante da falha do irmão e acusá-lo de seus erros e esperar que ele repare suas faltas? 
Afinal Jesus está querendo que sejamos juízes de nossos irmãos? 
Veja bem quem nos deu a possibilidade de errar, de cometer pecado, de falhar em nossa caminhada na vida foi o próprio Deus, então quem é você de impedir, ou acusar seu irmão tornando juiz e arbitro da vida do próximo?
 Isso parece bem pesado, mas na verdade é isso mesmo. 
 Cada pessoa tem seus limites, suas dificuldades, muitos tiveram uma criação tão desumana, foram criados em ambientes tão inóspitos que não conseguem chegar à perfeição de vida como SER. 
Mas então o que Jesus está nos dizendo?  
Somos chamados a amar onde não há amor, amar os amigos é fácil, amar aqueles que comungam com as minhas idéias e fazem as minhas vontades é fácil, mas renunciar a si mesmo aniquilar-se para que o outro seja feliz, respeitar a opinião do outro e se render diante da intransigência de uma pessoa somente por que quer amá-la, não é fácil, mas é a proposta de Jesus. 
Muitos dizem: ser humilde, sim, mas ser humilhado não, ser bobo não! 
Mas, espere! Jesus não foi humilhado? Jesus não foi tratado como um bobo que defendia o amor? Jesus não foi ultrajado, caluniado... Somente porque em Seu amor queria a nossa felicidade? Então quem somos nós para colocar condições para amar o próximo? 
Temos que mudar os conceitos em nosso coração. Se queremos encontrar o verdadeiro amor de Deus em nós, temos que mudar porque na maioria dos casos nosso amor é de defender nossos critérios e de atender nosso egoísmo que sempre procura tirar proveito das coisas e das pessoas para que sejamos vistos pelos homens como pessoa de bem, para sermos exaltados pela comunidade como uma pessoa “cheia de Deus”.
 Talvez ainda não entendemos o que é conversão.

5 comentários:

  1. Olá! Como estamos no mês de Setembro, dedicado à BÍBLIA, a melhor homenagem que podemos fazer à Palavra de Deus é acolhê-la e procurar vivê-la na vida a cada dia. Nela sempre temos uma resposta, uma luz para todas as situações da vida.
    É uma satisfação visitar seu blog!

    Reinaldo

    ResponderExcluir
  2. Claudia,
    escrevi um comentário, sobre o que está acontencendo aqui, mais havia muitas ????
    achei melhor não postar. É lindo {Antonio com Deus} mas estamos [eu] em conflito muito grande na COMUNIDADE.

    Bjs, te amo

    Geiza Margarida - RJ

    ResponderExcluir
  3. Olá Claúdia! E só agora posso te dizer "um bom domingo"... mas então, pelo adiantado da hora, que sejam bons todos os teus domingos...rsrsr...
    Fique na paz e uma semana de muitos frutos na sua vida e na catequese.

    Um abraço

    Angela Rocha
    www.catequistaamadora.com.br

    ResponderExcluir

Obrigada pelo contato, responderei o mais breve possível!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...