Seguidores

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

VOCE SABE COMUNGAR?




Hoje quero compartilhar com vocês uma postagem ótima que do
Catequista Manoel do blog FAMILIA PARA DEUS.


Você sabe comungar?




Na verdade, é a coisa mais fácil do mundo: coloque a mão direita debaixo da
esquerda e, diante do sacerdote ou ministro extraordinário, olhe quando ele
apresentar “o Corpo de Cristo” e responda amém. Simples, não?


Bom, existe também outra forma, que é receber a hóstia diretamente na boca.
Nesse caso, como é obvio, você não coloca a mão para receber, 
mas simplesmente… abre a boca!

Sem esquecer de dizer amém antes!

Fácil.

Totalmente compreensível até para as crianças do catecismo que, aliás,
na minha opinião, são as que menos erram. Porém, meus queridos leitores,
além desses dois únicos modelos de receber a Eucaristia,
o povo criou outros inumeráveis.

Obviamente TODOS errados!

Um padre dizia já ter contado 16 modos diferentes, além dos dois acima citados,
de receber a comunhão. Eu não fiz as contas, pois são tantos os que já contei
que não caberiam aqui!

Vamos nos divertir um pouco? Quais são essas maneiras erradas de comungar?

  1. Não dizer amém após o padre ou o ministro extraordinário apresentar a hóstia
    e dizer “o Corpo de Cristo”. 
  2. Dizer amém antes disso. 
  3. Dizer amém duas ou mais vezes. 
  4. Repetir o que o padre diz e falar junto com ele “o Corpo de Cristo, amém”. 
  5. Beijar a hóstia antes de comungar. 
  6. Sair da frente do sacerdote (ou ministro) com a Eucaristia ainda na mão. 
  7. Sair de ré derrubando os outros que vêm atrás. 
  8. Dizer outras coisas além de amém. Por exemplo: “graças a Deus”, “glória a vós Jesus”, “te amo Senhor”… etc. 
  9. Tem erros também da parte do padre. Um dia quando eu era leigo, o padre me deu a hóstia e, em vez de dizer “o Corpo de Cristo” ele disse: “depois eu quero falar com você…” 
  10. Pegar a hóstia com dois dedos, como que “pinçando”. Essa é clássica. Muita gente faz isso e às vezes porque foram orientadas erroneamente a fazer assim. 
  11. Vir com as mão como se fosse para receber e abrir a boca. Afinal, o que você quer mesmo? 
  12. Colocar as mão baixo demais, na altura da barriga. Às vezes as crianças fazem isso, mas também os adultos, como se eu fosse entregar para o umbigo. 
  13. Vir conversando na fila, saudando as pessoas, olhando para os lados, rindo, sem prestar atenção ao momento sagrado que está acontecendo. 
  14. Abrir só uma brechinha da boca para o padre acertar como se fosse uma ficha em máquina de refrigerante ou cartão telefônico. Algumas vezes enfiei a hóstia entre as gengivas e os dentes da criatura que teve preguiça de abrir a boca… 
  15. Lamber os dedos do padre… eca! 
  16. Ficar longe demais fazendo com que o padre tenha que esticar o braço ou dar um passo à frente para dar a Eucaristia. 
  17. Furar a fila. Essa é boa, até fila de comunhão o povo quer furar…!!! 
  18. Vir com as mãos sujas. Já coloquei Jesus em cima de muitos números de telefone. 
  19. Vir com terços, papel de cânticos ou outros objetos ocupando as mãos. 
  20. Colocar a mão direita em cima da esquerda. Esse é um gesto discreto e disfarçado de comungar com os dedos. Parece que se tem preguiça de tirar a mão de baixo para pegar a hóstia depois. O brasileiro tem “jeitinho” pra tudo. 
  21. Abraçar os dedos da mão esquerda com a mão direita por baixo. Estranho? Vá dizer pra quem inventou… 
  22. Fazer uma reverência na hora que o padre apresenta o Corpo de Cristo. Nada contra os atos de devoção, o problema é que se você apresentar a hóstia e a pessoa em vez de responder, mostra os cabelos é, no mínimo, muito esquisito. Se você quiser fazer uma reverência, deve-se fazer antes de chegar a sua vez. 
  23. Colocar as mãos de modo correto, mas não deixar que se coloque a hóstia na mão querendo pegá-la antes. Essa também é clássica. 
  24. Dizer amém com a hóstia na boca. Sua mãe nunca lhe ensinou que é falta de educação falar com a boca cheia? 
  25. Não prestar atenção se ficou algum fragmento da Santíssima Eucaristia na sua mão. Essa é grave! 
  26. Se benzer depois de receber a hóstia. 
  27. Se benzer com a hóstia na mão, o que é pior ainda! 
  28. Falar com o padre ou com o ministro alguma coisa que não seja amém. Essa é o contrário daquela que aconteceu comigo. 
  29. Sair cortando a fila pelo lado errado. Essa é irritante. A pessoa recebe a Eucaristia do lado direito (quando são duas filas) e quer voltar pelo lado oposto, passando pela frente do sacerdote, atrapalhando a fila do lado, é uma confusão. Se fosse ao trânsito era batida na certa! 
  30. Colocar a hóstia na boca com a mão e não com os dedos. Por mais horrível que pareça, isso não é raro. Muita gente faz dessa forma, em vez de pegar a eucaristia com os dedos da mão direita (que está embaixo da esquerda) leva a hóstia à boca na palma da mão, como quem engole um comprimido, sei lá… nem sei comparar. 
Lá no post original a Catequista Sheila já lembrou de outros erros:


- comungar bêbado,
- sair correndo pelo meio da igreja para pegar o padre que já estava voltando para o altar,
- tem tb aquelas pessoas de má fé que pegam a hóstia consagrada e não colocam na boca
 (escondem e levam) para poder fazer maldade ou algum "trabalho" com Jesus...
- fora os que deixam cair no chão e não pegam...
- tem gente também que faz questão de comungar com o padre deixando as filas dos ministros vazias,
- e aqueles que não gostam de comungar a hóstia consagrada no altar pq está partida...af!
- e por último aquelas pessoas que dividem a sua hóstia em pedaços e vai passando para trás
 (não pense que inventei essa, já vi isso em Aparecida, pois achavam que tinha tanta gente que não ia dar para eles comungarem...)

Tem alguma outra? Com certeza, infelizmente, sim.


Os erros não estão somente da parte de quem recebe, mas às vezes também da parte
de quem distribui a Sagrada Comunhão.

Quem entrega a Eucaristia, deve apenas mostrar a partícula
(como se chama a hóstia pequena dada aos fiéis) e dizer em voz alta “o Corpo de Cristo”.
Em seguida, depois do amém, coloca-se a hóstia na mão ou na boca do fiel, conforme o caso.
Nada mais.



Já soube de um ministro extraordinário da comunhão que colocava várias hóstias na mão e ficava distribuindo como se fossem fichas. Horrores à parte, o que vale é sempre termos atenção para fazermos tudo com dignidade e respeito que é devido à Santa Eucaristia.


Por fim, como vocês viram, eu falei aqui do modo prático de comungar e não do modo espiritual.


Moralmente falando, é claro que você só pode comungar tendo consciência de não ter cometido pecados graves (consciente e deliberadamente) e não viver em estado de pecado habitual ou de forma ilícita, como por exemplo, viver com uma pessoa como cônjuge sem estar casada na Igreja ou algum tipo de escândalo.


Padre Leonardo - Comunidade Católica Shalom

18 comentários:

  1. Complementado a lista: Já vi gente receber a hóstia e colocar num vazo de flores aos pés da imagem de Nossa Senhora. Como você lembrou, os erros não acontece só com quem vai comungar, os ministros devem aguardar que as pessoas se aproximem para comungar e não focar indo atrás das pessoas ou alcançando a hóstia por cima de outras pessoas, isso acontece também. Pessoas que, ao se aproximarem do padre, estendem a mão para cumprimentá-lo. Penso que são atitudes que devem ser esclarecidas no momento oportuno.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  2. CLAUDIA EU JÁ LI A EXPERIENCIA DA PATRICIA E MUITO BOA POR SINAL, NÃO É? FIQUEI FELIZ QUE VOCÊ GOSTOU DO PROJETINHO QUE CRIEI "CATEQUESE EM FAMÍLIA" , NÃO SEI SE A MANEIRA QUE EU EXPLIQUEI NO BLOG DEU PARA TODOS INTENDEREM, MAIS COMIGO O PROJETO OBTEVE UM RESULTADO SURPREENDENTE, 95% DAS FAMILIAS PARTICIPARAM. EU SEMPRE POSTAREI EM MEU BLOG CASO QUEIRA LEVÁ-LO PARA SUA COMUNIDADE ACOMPANHE SEMPRE, FAREI POSTAGENS DE 15 EM 15 DIAS. TEM PROMOÇÃO TAMBÉM SENTI FALTA DE SUA PARTICIPAÇÃO. É SÓ UMA BRINCADEIRA, CLARO QUE QUANDO AGENTE GANHA ACHAMOS BOM, MAIS DEVEMOS SOMENTE NOS DIVERTIR. ABRAÇO CLAUDIA.

    ResponderExcluir
  3. Nossa...já vi quase tudo isso, rsrsrs
    Também tem um detalhe importantíssimo: quando posicionamos nossas mãos, elas devem estar em forma de Cruz, onde se deita o corpo de Cristo, lembrando-nos que Ele morreu pra nos salvar, Ressuscitou e Vive entre nós, nos alimentando através da Eucaristia.
    Ótima postagem....
    *_*

    ResponderExcluir
  4. Muito interessante a postagem! O incrível é que estas coisas realmente acontecem. Um abraço. A paz de Jesus esteja contigo.

    ResponderExcluir
  5. ADOREI ESTA POSTAGEM.
    AMIGA TOMEI A LIBERDADE DE COPIAR E ENVIAR AS AMIGAS CATEQUISTAS QUE CONHEÇO AQUI EM MINHA CIDADE E ATÉ ENVIEI A CORDENADORA DA CATEQUESE E A CORDENADORA DE CATEQUESE DA DIOCESE.
    REPASSEI AO MEU MARIDO TAMBÉM QUE É MINISTRO.
    OBRIGADA POR DIVIDIR COM A GENTE.
    BJS E BOM RESTO DE SEMANA.
    NESTE FINAL DE SEMANA ESTAREI NA ESCOLA DE CATEQUESE :)
    VAMOS LÁ APRENDER MAIS UM POUQUINHO :)

    ResponderExcluir
  6. Meninas eu também amei essa postagem... como disse lá em cima o mérito é do Manoel.
    Divulguem mesmo... eu passei para a ccordenadora dos coroinhas... e assim que terminar de montar o blog da paróquia, repetirei essa postagem lá, acrescida dos comentários de voces.
    Paz de Cristo!

    ResponderExcluir
  7. Acho muito importante explicar aos catequizandos a forma correta de se comungar...já discuti esse assunto com eles, mas não com tantos detalhes(exemplos) assim, ficou muito bem esclarecido, já vou começar a planejar um encontro com esse assunto♥
    A Paz!
    Lúhh♥

    ResponderExcluir
  8. Olha émuito bom, pois ja vi quase tudo o que vc postou...kkkk, e muitas pessoas não sabem que fazem errado.

    ResponderExcluir
  9. Olha isto acontece muito infelizmente esta de lamber o dedo do padre e demais,essa eu não vi por aqui graças a Deus do resto.Falta muita formação e informação,a Igreja de ser educadora e evangelizadora sempre.Paz.

    ResponderExcluir
  10. Bom Dia Cláudia! Que bom que você resolveu postar este artigo que eu encontrei na internet. Na verdade, eu sempre reparava que as pessoas faziam coisas diferentes na hora de receber a hóstia sagrada e tinha dúvidas como seria a forma corrente, por isso, fiz uma pesquisa e descobrei esta maravilhosa e por que não dizer engracada postagem. Entre nós podemos comentar (Temos muito que aprender). Outra coisa que está me remoendo é uma frase que li outro dia, mais ou menos assim O CATÓLICO PRECISA SER EVANGELIZADO. Acho bem verdadeira, pois participando do ECC, pastoral familiar e da catequese percebo que as pessoas ainda estão no inicio de uma aprendizado e por mais que assistam palestras, ouve o evangelho e as homilias continuam fazendo coisas contrárias aquelas que seriam inerentas a nós cristãos, mas isso é assunto para outra oportunidade. Fique com Deus.

    ResponderExcluir
  11. eu sempre pego a hostia na mão e vou ate o banco ajoelho e comungo com tranquilidade agradeço primeiro é pecado fazer isto????????????

    ResponderExcluir
  12. Oi... não é questão de ser pecado... mas o correto é você diante do sacerdote ou ministro extraordinário colocar a hóstia na boca. Volte piedosamente para o seu banco e como você disse com tranquilidade faça a sua Ação de Graças ao Senhor que você acabou de receber.
    Obrigada pela visita, volte sempre!

    ResponderExcluir
  13. Interessante texto, ainda mais com essas tantas variantes criadas para se receber a Sagrada Comunhão e que nos servem de alerta para não cairmos nesses maus costumes.
    Porém, o autor poderia destacar que a comunhão também pode se dar de joelhos e na boca. Ainda que isso fique subentendido por quem conhece os gestos, outros poderiam também entender que, mesmo de joelhos, o fiel pode determinar se a Eucaristia será recebida na mão ou na boca (certamente a maioria sabe que de joelhos, a comunhão se dá diretamente na boca).
    Quanto ao ponto 22, a reverência não é mero devocionismo, mas uma prática que deveria ser obrigatoriamente observada por aqueles que comungam em pé. É bem verdade, até pelo bom andamento da celebração e do rito de comunhão, que a inclinação profunda seja observada antes de chegar a vez do comungante receber o Corpo de Cristo, mas, de qualquer forma, ela é necessária para aqueles que optaram por não se ajoelhar.
    Abraço fraterno!

    ResponderExcluir
  14. Eu gostaria de saber sobre o assunto de comungar de joelhos dia de domingo

    ResponderExcluir
  15. Reencontrei a fé católica recentemente pelo caminho do santo rosário. Depois de mais de 40 anos voltei a comungar e fiquei um tanto perdido. Quando eu era menino o padre colocava direto na boca do fiel e não me lembro se ele dizia algo. Agora ao tomar a hóstia percebi que eu deveria responder ao ministro quando ele me dizia "Corpo de Cristo". Encontrei aqui a resposta e farei certo na próxima vez. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  16. Esta lista de erros, além de muito engraçada, nos leva a uma conclusão. As pessoas não estão devidamente informadas sobre o procedimento do rito. Uma sugestão simples para resolver o problema seria o padre fazer uma pequena preleção e orientação mostrando a maneira correta, talvez durante o sermão, ou em algum momento da Santa Missa, ou quem sabe, disponibilizar uma brochura ou panfleto orientando o fiel. Uma outra questão que eu acho que a igreja poderia melhorar é o fato que muitas vezes chegamos a igreja da rua com as mãos sujas. Deveria haver um lavabo ou dispenser de álcool na entrada da igreja para que os fieis pudessem higienizar as mãos antes de receber a hóstia. Fica como sugestão.Obrigado

    ResponderExcluir
  17. Eu ao receber a hóstia me benso,isso é um erro? O que devo fazer? Elevo as mãos ao coração, ou devo abaixá-las seguindo com elas da mesma maneira que recebi a hóstia?!.

    ResponderExcluir

Obrigada pelo contato, responderei o mais breve possível!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...