Seguidores

sábado, 12 de janeiro de 2013

Católico acende velas?



E porque não? Apesar de muitas pessoas se oporem, o costume tem origem no Antigo Testamento:

“O Senhor disse a Moisés: Ordena aos israelitas que te tragam óleo puro de olivas esmagadas para manter, continuamente acesas as lâmpadas do candelabro.Disporás as lâmpadas no candelabro de ouro puro para que queimem continuamente diante do Senhor”. Lev 24, 1-4.

A vela acesa substitui, perante de Deus, a pessoa que a acende: consomindo-se...  O holocausto, na Antiguidade e na lei mosaica, era o sacrifício mais perfeito, porque a vítima era oferecida a Deus e queimada, em reconhecimento a seu poder e direito absolutos sobre quem a oferecia. Assim é a vela acesa... um holocausto em miniatura.

Hoje em dia associamos a vela à luz de Cristo, que é a luz do mundo. A vela acesa é um símbolo de nossa fé em Jesus. Simboliza também nosso desejo de estar brilhando diante de Deus, como uma verdadeira consagração, uma promessa, um voto de fidelidade.

Uma vela acesa a um santo tem o mesmo simbolismo, só que este sacrifício é oferecido a Deus por intermédio daquele santo.

E, se o seu desejo por trás do gesto e significado de se acender uma vela, está o desejo de alguma graça, é um direito seu, uma vez que sua fé leva até Deus, o Deus que é poderoso e que pode nos ajudar!

 Devemos, sim, evitar a má interpretação e o exagero, isto é, evitar dar-lhe maior valor do que ele tem. Vela acesa é, pois, símbolo de consumação.
Acenda a sua fé!

Este kit poderá ser feito por encomenda, clique na foto!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato, responderei o mais breve possível!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...