Seguidores

sábado, 3 de outubro de 2015

03 de outubro - Dia do Patrono dos MESC, conhece?

Apesar de ter sido beatificado em 5 de março de 2000, na Praça de São Pedro, no Vaticano, pelo Papa João Paulo II junto com mais 29 protomártires brasileiros, o Beato Mateus Moreira ainda é pouco conhecido pelos brasileiros.

Eu tive a graça de conhecê-lo em uma visita ao Convento da Irmãs do Bom Conselho em Maricá/RJ, lá tem essa bela imagem em uma das capelas, a Madre fundadora mandou fazer essa imagem após conhecer e receber uma graça através da intercessão do beato Mateus Moreira.

O  beato Mateus Moreira era um leigo que estava na missa de 03 de outubro de 1645, em Uruaçú, São Gonçalo do Amarante  / Rio Grande do Norte (RN), quando tropas do governo holândes sob o comando de Jacob Rabbi exterminaram todos os fiéis que estavam na missa dominical, presidida pelo Padre Ambrósio Francisco Ferro que também foi Martirizado. 
Mateus Moreira teve o coração arrancado pelas costas enquanto exclamava: 
"Louvado Seja o Santíssimo Sacramento" 

"São estes os sentimentos que invadem o nosso coração, ao evocarmos a significativa lembrança da celebração dos 500 Anos da Evangelização do Brasil, que acontece neste ano. Naquele imenso País, não foram poucas as dificuldades de implantação do Evangelho. A presença da Igreja foi-se afirmando lentamente, mediante a obra missionária de várias Ordens e Congregações religiosas e de Sacerdotes do clero diocesano. Os mártires que hoje são beatificados saíram, no fim do século XVII, das comunidades de Cunhaú e Uruaçu, no Rio Grande do Norte. André de Soveral, Ambrósio Francisco Ferro, Presbíteros, e 28 Companheiros leigos pertencem a essa geração de mártires que regou o solo pátrio, tornando-o fértil para a geração dos novos cristãos. Eles são as primícias do trabalho missionário, os Protomártires do Brasil. A um deles, Mateus Moreira, estando ainda vivo, foi-lhe arrancado o coração pelas costas, mas ele ainda teve forças para proclamar a sua fé na Eucaristia, dizendo: "Louvado seja o Santíssimo Sacramento".

Cinco anos após a sua beatificação, na 43ª Assembeia Geral da CNBB, em Itaici/São Paulo em 2005, foi aprovado o Bem-aventurado Mateus Moreira como “Patrono dos Ministros Extraordinários da Comunhão Eucarística”

Em dezembro de 2005, a CNBB comunicou que a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, da Santa Sé, havia aprovado o nome do Beato como patrono dos Ministros.
Fonte


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato, responderei o mais breve possível!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...