Seguidores

terça-feira, 2 de agosto de 2016

A URGENTE NECESSIDADE DE CATEQUISTAS

Após a vinda do Espirito Santo em Pentecostes, surgiram vários ministérios na Igreja.  Além dos ordenados  Bispos,  Presbíteros e Diáconos, o Espirito Santo suscitou o ministério dos Catequistas.  Esses tinham como missão partilhar os tesouros da genuína  doutrina dos Apóstolos aso catecúmenos – isto é, aos que estavam se preparando  para o batismo.  Séculos se passaram e esse ministério continua atual e necessário para a salvação de almas.
Devido ao número limitado de catequistas, acredito, que, hoje, mais de 90% das crianças e jovens católicos não estão tendo a graça para receber Jesus na Eucaristia, para serem crismados, e, mesmo, batizados.  Como católicos, somos convocados a este serviço urgente e, certamente, querido por Deus: a Catequese.
A fé deve encontrar as suas razoes e sem a Catequese, lamentavelmente, a ideologia da sociedade atual encontrará caminhos abertos para impor-se,  trazendo  verdadeiros terremotos na vida dos indefesos.  Pensemos nos filhos e netos que não mais crescerão  em uma família e nação temente a Deus!  Nosso “SIM” a esta missão se faz necessário e urgente!
Membros dos grupos de Oração, jovens ou adultos, pais e pastorais, sobretudo da Pastoral da Família, podem e devem se tornar catequistas, sob pena de omissão.  Poderão apresentar-se à paroquia ou comunidade, colocando-se à disposição da comissão catequética para contribuírem na iniciação à vida crista.  Inicialmente, em serviços simples, como arrumação de salas, contando histórias, cantando, ajudando a criar eventos, cuidando da segurança dos pequeninos, como também em atividades de catequese para crianças especiais, com libras, por exemplo, e de esporte e lazer etc.
É importante lembrar que a catequese para a Iniciação à Vida Cristã une os sacramentos em um mesmo processo: batismo de crianças com seus pais e padrinhos, batismo  de jovens e adultos e Eucaristia e Crisma, desejando proporcionar encontros verdadeiros com Jesus Cristo, o rosto da Misericórdia do Pai, suscitando consciência de discípulo missionário.

Dou um testemunho: nestes anos de vida eclesial, muito estudei participando de faculdades, conferencias, palestras, estudos, etc.  Confesso que devo ter me esquecido de centenas dessas aulas magnas, mas o que escutei de minhas catequistas da infância, ainda são referenciais ara minha vida.  Da catequese, além de pais e famílias equilibradas, vocações, as mais diversas, surgirão.  Catequese é futuro da Igreja!

Dom Estevam dos Santos Silva Filho
Biso Auxiliar da Arquidiocese de São Salvador da Bahia


Fonte: Revista Canção Nova - Agosto 2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato, responderei o mais breve possível!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...