quarta-feira, 21 de setembro de 2016

São Luís Gonzaga “Patrono da Juventude” 21 de setembro

 
 Nasceu no ano de 1568 na Corte de Castiglione. Recebeu por parte de sua mãe a formação cristã. Já seu pai o motivava a ser príncipe. Sua família tinha muitas posses mas, graças ao amor de Deus, Luís – desde cedo – deixou-se possuir por esse amor. Deixar-se amar por Deus é fonte de santidade.
Com dez anos de idade, na corte, frequentando aqueles meios, dava ali testemunho do Evangelho e se consagrou a Nossa Senhora. Ali descobriu seu chamado à vida religiosa e queria ser padre. Seu pai, ao saber disso, o levava para festas mundanas, na tentativa de fazê-lo desistir de sua vocação.
Entrou para a Companhia de Jesus onde viveu durante seis anos. Com pouco mais de vinte anos, faleceu de uma peste que havia se espalhado em Roma.
   
 Como viver a pureza nos dias de hoje?

A atual sociedade vive uma mudança de valores e ideais que nos coloca em um mundo desestabilizado. O nosso próximo é visto mais como um objeto sexual do que como filho de Deus.
       É fundamental entender que a luxúria começa com o olhar e depois vai para o pensamento e, por fim, cai no coração. “Ora, eu vos digo: todo aquele que olhar para uma mulher com o desejo de possuí-la já cometeu adultério com ela em seu coração” (Mt 5,28). Portanto, o pecado não começa somente no ato em si, como a fornicação, mas também no olhar malicioso.
  
 Três dicas para você viver a pureza nos dias de hoje:

1. Purificar o olhar:  O pecado não está em olhar, mas em permanecer olhando a ponto de desejá-la (o).

2. Purificar o pensamento: como consequência de olhar sem a decisão de viver a pureza, os pensamentos começam a fantasiar e os desejos conscientes e inconscientes vão tomando conta da pessoa.

3. Purificar o coração: o Catecismo da Igreja Católica vai nos ensinar que “a purificação do coração exige a oração, a prática da castidade, a pureza da intenção e do olhar” § 2532. Ou seja, você precisa romper com a pornografia, com o sexo antes do casamento, com as orgias e tudo que fere a sua pureza. É questão de decisão e luta contra as más tendências e paixões da carne. Reze com o salmista:

                              "Ó Deus, cria em mim um coração puro"
Sl 50[51], 12).

    Se você deseja viver a pureza nos dias de hoje, assuma essas três dicas como meta diária para a sua vida.

    É preciso treinar-se para alcançar essa virtude.

“A pureza do coração nos permitirá ver a Deus e nos permitirá, desde já, ver todas as coisas segundo Ele”
       (cf. CIC 2531).

Eu quero viver a pureza. E você?
São Luís Gonzaga, rogai por nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pelo contato, responderei o mais breve possível!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...