Seguidores

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Tatuagem pode???

O sinal do cristão é a cruz de Cristo recebido no dia sagrado e venturoso do batismo. 
O verdadeiro cristão é aquele que repete sinceramente com São Paulo: "Eu sei em que eu confiei" (2 Tm 1,2) e não gasta dinheiro, nem perde tempo com essas coisas.
 Veja esse vídeo e aprofunde seus conhecimentos antes de levar o tema para as crianças.

4 comentários:

  1. Bom Dia,

    Este tema é muito complicado. Sou catequista e tenho tatuagem, isso não faz de mim uma pessoa má. Acho que existem várias outras maneiras de se marcar seu corpo, muito mais profundas que uma tatuagem. Pensei muito bem antes de fazer, sabendo que ficaria comigo para sempre. Meus catequisandos já perguntaram sobre isso e eu digo que deve ser conversado com os pais, pois é uma coisa definitiva.
    Acho que não podemos rotular ou discriminar uma pessoa só porque ela tem uma tatuagem.

    Minha tatuagem: Fé, Amor, Esperança!

    ResponderExcluir
  2. Boa tarde Maíra,
    Que bom vc ter deixado este comentário. É claro que não é uma pessoa má, ao contrário, vc é uma mensageira de Deus. O fato é que hoje em dia, a tatuagem atingiu adeptos de todas as classes sociais e por outros motivos (tenho uma cunhada q tatuou o nome dos filhos). É comum em grandes centros, em shoppings vermos Studio de tatuadores. Porém, isso não muda o fato de terem sido originadas em cultos a deuses pagãos. É verdade também que é usada por gangues, por presidiários, os rapazes podem ter problemas para se alistarem no serviço militar... é um tema complicado realmente, mas devemos sempre pregar o que nos ensina a nossa Santa Igreja e confiarmos na misericórdia de Deus.
    Paz de Cristo!

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    Achei o encontro tendencioso, pois relaciona a tatuagem apenas ao campo negativo. Deveria fazer parte das explicações que o corpo é templo do Espírito Santo e que tudo o que o machuca é pecado, assim como o brinco, os produtos químicos e plásticas. Sou catequista, tenho tatuagens e sempre que trabalho este tema, mostro os dois lados o bom e o ruim, a posição da Igreja e a posição do mundo, abrangendo o preconceito e a rotulagem. Incluído ao encontro também é preciso trabalhar o combate ao preconceito, mas, no memento em que é dito que a tatuagem está relacionada a pessoas ruins, e que escutar rock pesado é ruim, estamos criando monstros e não evangelizando.

    Paz e Bem!

    ResponderExcluir
  4. Dan Camilo, obrigada pela presença e comentário.
    Quando o tema é mais polêmico, sempre me certifico em pesquisar.

    A atividade não é o encontro todo, antes vem a conversa em que podemos esclarecer muita coisa. Me posiciono conforme a Igreja, não como eu gostaria que fosse.
    Leia por favor a minha resposta ao comentário anterior. Quanto aos rocks pesados também entramos na questão de sempre analizarmos o que nos convém: letra da música,exemplo passado pela banda ou cantor...

    Deixo aqui links que visitei antes deste post.
    http://cleofas.com.br/piercing-e-tatuagem/
    http://cleofas.com.br/o-piercing-e-a-tatuagem/
    http://padrepauloricardo.org/episodios/tatuagem-piercing.

    Paz de Cristo!

    ResponderExcluir

Obrigada pelo contato, responderei o mais breve possível!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...